Visitantes

mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterHoje62
mod_vvisit_counterOntem313
mod_vvisit_counterEssa semana2365
mod_vvisit_counterEsse mês7236

Bíblia Online

Livro
Texto

Membros da Igreja






Esqueceu sua senha?
Início arrow Células (Texto) arrow Três armas utilizadas por Satanás para ...
Três armas utilizadas por Satanás para ...
Por Pr. Oswaldo F Gomes   
16 de abril de 2008

 

 

escute.gif 
    
 

TRÊS ARMAS UTILIZADAS POR SATANÁS PARA COMPROMETER A SAÚDE FAMILIAR E COMUNITÁRIA

SATANÁS SE UTILIZA DE ARMAS ASSOCIADAS A PALAVRAS, ATITUDES E SENTIMENTOS QUE NÃO EDIFICAM, COM O PROPÓSITO DE PROMOVER A DESARTICULAÇÃO E O ESFACELAMENTO DE FORÇAS NO SEIO DA FAMÍLIA E DA COMUNIDADE.

PRIMEIRA ARMA: SATANÁS INGERE PALAVRAS QUE NÃO EDIFICAM. SÃO PALAVRAS UTILIZADAS PARA JULGAR, FALAR MAL, QUEIXAR E MENTIR

1. JULGAMENTO: NÃO DEVEMOS JULGAR UNS AOS OUTROS

Não nos julguemos mais uns aos outros; pelo contrário, tomai o propósito de não pordes tropeço ou escândalo ao vosso irmão. RM 14:13

O “JUÍZO TEMERÁRIO” ACONTECE QUANDO SE JULGA AS ATITUDES, AS MOTIVAÇÕES E O CARÁTER DO OUTRO. É QUANDO SE EXPRESSA CRÍTICA E DESAGRADO, JULGANDO E CALUNIANDO CARNALMENTE A OUTRA PESSOA.

UM AMBIENTE DE JULGAMENTOS MÚTUOS, FEITOS A PARTIR DA “JUSTIÇA PRÓPRIA”DE CADA UM, ALÉM DE INIBIR A LIBERDADE NO “COMPARTILHAR” TÃO NECESSÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO DE RELACIONAMENTOS PROFUNDOS, ENFRAQUECE O RELACIONAMENTO COMUNITÁRIO E FAMILIAR.

APLICAÇÃO: POR QUE, PELA BÍBLIA NÃO ESTAMOS AUTORIZADOS A JULGAR NINGUÉM. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO É JULGADO POR UM IRMÃO OU FAMILIAR?

2. MALEDICÊNCIA: NÃO DEVEMOS FALAR MAL UNS DOS OUTROS

11 Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão ou julga a seu irmão fala mal da lei e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz. TG 4:11

A MALEDICÊNCIA ACONTECE QUANTO SE FAZ COMENTÁRIO DEPRECIATIVO, DESONROSO A TERCEIROS, QUANTO AO CARÁTER DO OUTRO, ESPECIALMENTE SE APROVEITANDO DA AUSÊNCIA DELE.

NUM AMBIENTE DE FOFOCAS E BOATOS QUE DIFAMAM E CALUNIAM, PERDE-SE O RESPEITO E A CONSIDERAÇÃO COMPROMETENDO A UNIDADE E DESENCADEANDO UM CICLO DE FERIMENTOS MÚTUOS.

APLICAÇÃO: O QUE PODEMOS FAZER PARA DIRIMIR UMA “CULTURA MALEDICENTE”?

3. QUEIXA: NÃO DEVEMOS NOS QUEIXAR UNS DOS OUTROS

9 Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para não serdes julgados. Eis que o juiz está às portas. TG 5:9

A QUEIXA ACONTECE QUANTO EXPRESSAMOS DESCONTENTAMENTO E IMPACIÊNCIA COM RELAÇÃO AO OUTRO EM CONVERSAS ESCONDIDAS.

NUM AMBIENTE DE QUEIXAS, A COMUNICAÇÃO É SEMPRE TRIANGULADA, AS INFORMAÇÕES CHEGAM SEMPRE POR TERCEIROS, E ISSO SEMPRE CAUSA UM MAL ESTAR E DESENCADEIA UM PROCESSO DE CONTAMINAÇÃO. POR ISSO É BOM NÃO FICAR SE QUEIXANDO DO OUTRO, MAS SE TIVER QUE SE QUEIXAR, QUEIXE-SE PARA A PESSOA CERTA, A SABER, A IMPLICADA NA SUA QUEIXA.

APLICAÇÃO: QUE DIFERENÇA FAZER UMA QUEIXA À PESSOA IMPLICADA E FAZER QUEIXA DELA A TERCEIROS? QUAIS AS CONSEQÜÊNCIAS DESSA ATITUDE?

4. MENTIRA: NÃO DEVEMOS MENTIR UNS AOS OUTROS.

9 Não mintais uns aos outros, uma vez que vos despistes do velho homem com os seus feitos. CL 3

MENTE-SE QUANDO SE CONTA COMO VERDADEIRO AQUILO QUE SE SABE SER FALSO, OU QUANDO SE FAZ UMA DISTORÇÃO DA VERDADE.

UM AMBIENTE DE MENTIRAS ESTIMULA A HIPOCRISIA E A DISSIMULAÇÃO, COMPROMETENDO ASSIM A CREDIBILIDADE NOS RELACIONAMENTOS.

APLICAÇÃO: EM QUAIS OCASIÕES SOMOS MAIS TENTADOS A MENTIR?

SEGUNDA ARMA: SATANÁS INGERE ATITUDES QUE NÃO EDIFICAM SÃO ATITUDES QUE AGRIDEM E PROVOCAM O OUTRO.

1. AGRESSÃO: NÃO VOS MORDAIS E DEVOREIS UNS AOS OUTROS.

15 Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede que não sejais mutuamente destruídos. GL 5

ESSE TEXTO DÁ A IDÉIA DE UMA PESSOA EXPRESSANDO HOSTILIDADE AO ATACAR O CARÁTER DO OUTRO, COM O PROPÓSITO DE ESTABELECER UMA VANTAGEM SOBRE ELE. PAULO ESTÁ PROPONDO MAIS OU MENOS O SEGUINTE: ESTIQUE SEU PAVIO, MORDA SUA LÍNGUA E RECOLHA SUAS GARRAS.

NUM AMBIENTE ONDE UM TENTA DERRUBAR O OUTRO, AMBOS ACABAM CAINDO, PORQUE AS FORÇAS NEUTRALIZADORAS (QUE SE BOICOTAM) FAVORECEREM A AÇÃO DO INIMIGO. PERDE-SE DE VISTA O INIMIGO COMUM QUE NÃO É CARNE NEM SANGUE (EF 6:12).

E COMO DISSE JESUS: CASA DIVIDIDA NÃO SE ESTABELECE.

APLICAÇÃO: QUAL O INTERESSE DO INIMIGO EM QUERER JOGAR UM CONTRA O OUTRO?

2. PROVOCAÇÃO: NÃO PROVOQUEIS UNS AOS OUTROS.

“Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito. Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros”. GL 5:26

PROVOCAR É LANÇAR DE FORMA IRRITANTE DESAFIOS AO OUTRO, REBAIXANDO-O COM O PROPÓSITO DE SE ELEVAR.

NUM AMBIENTE DE PROVOCAÇÃO MÚTUA HÁ MUITO ORGULHO E CONTENDA, E ISSO ENFRAQUECE A FAMÍLIA E A COMUNIDADE PORQUE ONDE DEVERIA HAVER COOPERAÇÃO ACABA HAVENDO COMPETIÇÃO.

APLICAÇÃO: O QUE, EM SUA OPINIÃO, ESTÁ ACONTECENDO COM A PESSOA QUE TEM O “PRAZER MÓRBIDO” DE FICAR PROVOCANDO A OUTRA?

TERCEIRA ARMA: SATANÁS INGERE SENTIMENTOS QUE NÃO EDIFICAM SÃO SENTIMENTOS DE INVEJA, DESPREZO, E DESONRA CONTRA O OUTRO.

1. INVEJA: NÃO TENHAIS INVEJA UNS DOS OUTROS.

“Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros”. GL 5:26

O INVEJOSO DESEJA PARA SI O QUE É DO OUTRO E SENTE TRISTEZA POR NÃO TER O QUE O OUTRO TEM. UM SINTOMA QUE DENUNCIA A INVEJA É QUANDO A PESSOA NÃO CONSEGUE SE ALEGRAR COM A ALEGRIA DO OUTRO NEM SE ENTRISTECER COM A TRISTEZA DO OUTRO.

UM AMBIENTE ONDE GRAÇA A INVEJA ATRAI MUITA FACÇÃO (DIVISÃO) E CONFUSÃO (TG 3:14-16), E IMPEDE A MANIFESTAÇÃO DA SOLIDARIEDADE: “CHORAR COM OS QUE CHORAM E SE ALEGRAR COM OS QUE SE ALEGRAM (I CO 12:25)”. SEM ESSA SOLIDARIEDADE TODA FAMÍLIA E TODA COMUNIDADE FICA VULNERÁVEL AOS ATAQUES DO INIMIGO.

APLICAÇÃO: O QUE DEVEMOS FAZER QUANDO NOS PERCEBEMOS, NOS ALEGRANDO COM O INFORTÚNIO E NOS ENTRISTECENDO COM A VITÓRIA DO OUTRO?

2. DESPREZO: NÃO DESPREZEIS UNS AOS OUTROS

“3 Nada façais por partidarismo ou vanglória, mas por humildade, considerando cada um os outros superiores a si mesmo”. FL 2:3

“Tratem essas pessoas com o maior respeito e amor, por causa do trabalho que fazem. E vivam em paz uns com os outros”. ITS 5:13

DESPREZAR É ANTÔNIMO DE PREZAR, E PREZAR É CONSIDERAR, HONRAR, DAR O DEVIDO VALOR A PESSOA. A FAMÍLIA E A COMUNIDADE PRECISAM AFIRMAR O VALOR DAS PESSOAS.

UM AMBIENTE ONDE HÁ PRECONCEITO E DISCRIMINAÇÃO (DESPREZO), ACABA GERANDO NAS PESSOAS UM SENTIMENTO DE DESVALOR (BAIXA ESTIMA).

3. DESONRA: NÃO DESONREIS UNS AOS OUTROS.

“Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros”. RM 12:10

“Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei”. I PE 2

NÃO PODEMOS DESMERECER, DESRESPEITAR, DESVALORIZAR (NEGAR A IMPORTÂNCIA) DAQUELE QUE DEUS COLOCOU PARA CONVIVER COMIGO EM FAMÍLIA OU EM COMUNIDADE. PELO CONTRÁRIO PRECISAMOS ENCORAJAR, ELOGIAR, AFIRMAR A IMPORTÂNCIA DO OUTRO SE QUEREMOS QUE NOSSA IGREJA E NOSSA FAMÍLIA SEJAM UM AMBIENTE TERAPÊUTICO.

APLICAÇÃO: O QUE PODE ACONTECER COM UMA PESSOA DESPREZA E DESONRADA NO SEIO COMUNITÁRIO OU FAMILIAR?

CONCLUSÃO:

UM AMBIENTE SADIO (COMUNIDADE E FAMÍLIA) É AQUELE QUE PROMOVE A CURA, O ENCORAJAMENTO, A AFIRMAÇÃO DO VALOR DO OUTRO, A TOLERÂNCIA, O PERDÃO E PRIVILEGIA OS RELACIONAMENTOS PROFUNDOS.

SE QUISERMOS CUIDAR DE NOSSAS PALAVRAS, DE NOSSAS ATITUDES E DE NOSSOS SENTIMENTOS, PARA QUE NÃO SEJA INGERIDOS POR SATANÁS, PRECISAMOS, RENDIDOS AO ESPÍRITO SANTO, MORTIFICAR AS OBRAS DA NOSSA CARNE.

 

 
    

 


 

 

 
< Anterior   Próximo >
São Paulo, SP, Brasil. Fone: (11) 3873-1344